h1

Espírito de Jezabel na POLÍTICA

fevereiro 22, 2008

Não é o fato de dizer preciptadamente que todo político é um endemoninhado ou que a política é do diabo como alguns gostam de dizer. Aliás hoje a igreja tem dado muita coisa ao diabo dessa maneira. Algum tempo atrás a música era do diabo, hoje a mentalidade está sendo transicionada. Em outros tempos pensava-se que a internet era do diabo. Se era, graças  Deus ele está perdendo espaço, porque hoje nós a usamos (eu particularmente) para me corresponder e me manter informado mais rápido.
A política, assim como todas as coisas que existem foram criadas por Deus para que nós a usássemos para o bem comum. Como todos sabemos, demônios são seres inteligentes e atuam apenas onde têm direito legal. Para que Jezabel atue e se perpetue, assim como qualquer outro ser espiritual precisa que lhe dêm esse direito. Ela encontrou isso através da vida de Acabe. Um homem que já se havia corrompido em seus valores morais, éticos e espirituais.
Quando falo de política, refiro-me a governo, tanto físico como espiritual e me pergunto: A quem Deus destinou ao governo? A nós! Acabe era rei. Quem são os reis de hoje? Nós!  Então sou obrigado a concluir, como você talvez tenha concluído, que se acabe que tinha autoridade permitiu que Jezabel se instalasse porque cedeu aos seus encantos, nós também podemos cometer o mesmo erro, certo?
O que vou declarar agora pode te chocar mas é a mais pura verdade:
Onde houver uma Jezabel atuando haverá um Acabe. Ou seja, onde houver um espírito de manipulação haverá também alguém que se deixe dominar ou que não reaja às manipulações. Hoje, Jezabel tem o domínio que tem porque o Acabe de nossos dias se chama igreja.

Acabe representa a falta de reação, o comodismo, o “achar tudo normal”. 
Você já parou para se questionar por que de tanta corrupção na política? Por que tantos escândalos como os que vemos hoje? Por um lado eu vejo isso com bons olhos e até com certa alegria, pois vejo o cumprimento da Palavra de Deus que diz que Deus iria lavar a igreja pela água. E se o juízo de Deus começa pela igreja, manifesta-se também no mundo fora da igreja.
Lavar pela água para alguns pode soar meio sem sentido, como para mim também soava até o dia que eu entendi o que significa. Por acaso você já escolheu feijões para cozinhar? Você os escolhe, separa os que estão quebrados, tira os que foram danificados por carunchos e depois os coloca de molho. Ótimo. Você tirou todo o que não estava bom, certo? Errado! Alguns minutos na água e começam a boiar aqueles que também não estavam bons mas que fugiram ao nosso “julgamento”. Assim o Senhor está fazendo nestes dias com a igreja e com o mundo.
Mas o prazer de Deus não está na exposição e nem em envergonhar o homem que Ele mesmo criou, mas está em nos mostrar que por trás de tudo isso existe um cenário espiritual que precisa ser mudado.
A política e os governantes são as portas de entrada de uma nação. Devido à importância que têm a bíblia não nos chama para ser críticos ou juízes, mas nos instrui a orar por aqueles que estão em posição de autoridade. A questão de criticar e ficar murmurando é outra característica bem particular da atuação do espírito de Jezabel que veremos mais adiante.
Se você reparar nas questões políticas você vai ver bem as digitais desse espírito. No “o que eu ganho”, no “jeitinho brasileiro”, nos “acordos” e em tantas outras formas ilícitas de obter lucros.
Quando me refiro à política e governo temos que ser mais abrangentes ainda, porque falamos de autoridades, neste ponto entram os políticos (claro), mas entram também juízes, delegados, policiais, funcionários… enfim, temos todo um pano de fundo. É a história de uma maçã podre apodrecendo o cesto.
A manipulação pode ser conseguida de varias formas, entre elas o medo. Medo de perder o emprego, medo de ser “envolvido” ou de ser “diferente”. Os nossos jovens de hoje que digam!
A corrupção é algo comum à Jezabel se olharmos a forma como ela age quando seu marido quer uma vinha. Cria uma rede de intrigas, persegue, gera mentiras e por fim, age de forma violenta para conseguir o que deseja. Se olharmos os crimes políticos, ou mesmo a atuação das facções criminosas desses dias veremos isso claramente. Sim, onde existe Jezabel também existe violência!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: