h1

01 – Falando de SUBMISSÃO…

fevereiro 25, 2008

Submissão é um tema delicado, controverso, porém é vontade de Deus que o aprendamos. Deus deseja que tenhamos um caráter tratado e aprovado, que reconheçamos e respeitemos autoridades, e isso só é possível quando a submissão fizer parte da nossa vida.

Uma coisa que precisamos entender é que submissão é obediência, e obediência não quer necessarimente dizer concordância. Aliás, obedecer quando se está de acordo é fácil e não considero obediencia.

aspas

Obediência é fazer por decisão mesmo quando não concordamos.  
aspas2

O primeiro nível de submissão é ao próprio Deus.
Vemos no livro de Gênesis que o homem recebeu uma ordem e a descumpriu. Tornou-se insubmisso, rebelde. Insubmissão e rebeldia têm destruido ministérios, ministros, famílias e vidas.

Ser submisso por outro lado não quer dizer que seremos capachos de ninguém ou fantoches. Não significa ser descaracterizado e não ter mais vontades, mas mostrar o verdadeiro caráter cristão em nós.

Se observarmos a oração de Jesus no Getsêmani veremos que a vontade humana não era cruz, tanto que ele diz “… se for possível afasta de mim esse cálice (cruz)”, porém na mesma oração ele demonstra a obediência e a submissão ao dizer “… porém, faça-se a TUA vontade”.

Autoridades foram instituídas por Deus e levantar-se contra uma autoridade é ir contra o próprio Senhor. (Ec 10:18; Tg 4:7).

Autoridades diversas: pastores, pais, esposos/esposas, governantes, juizes…

A única autoridade contra quem devems lutar e resistir é a autoridade de satanás sobre a humanidade, sobre as pessoas, cidades, organizações, mas ainda assim, lembrando que lutamos contra seres espirituais e não contra seres humanos. A luta não é contra carne e sangue (Ef. 6:12). Não lutamos contra pessoas mas contra quem as manipula.

No mais, consideremos aos outros como superiores a nós e preferindo-vos em honra.
Certamente você conhece a história do Rei Davi: Um homem segundo o coração de Deus.

Davi tinha uma luta séria nas esferas espirituais: Sua vontade humana era de se ver livre dos seus inimigos, entre eles SAUL, mas não se deixou levar pela carne, agindo dentro de princípios espirituais.

Quando teve a chance de matar SAUL não o fez. Embora usado pelo diabo através da inveja, SAUL era autoridade e levantar-se contra ele era o mesmo que ir diretamente contra o Senhor.

Davi disse algo sério: “AI daquele que se levanta contra um ungido de Deus”.

Cabe aqui uma perguntinha: “Quando dizemos ai?”.

Mas você deve estar perguntando: “Por que falar de compromisso e de submissao?”. Porque temos um CHAMADO.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: